ENSAIOS PRÉ-SELECIONADOS PEF/2016

Orcelino Neto. Carreiros sem título 01.

press to zoom

Orcelino Neto. Carreiros sem título 02.

press to zoom

Orcelino Neto. Carreiros sem título 02.

press to zoom

Orcelino Neto. Carreiros sem título 03.

press to zoom

Orcelino Neto. Carreiros sem título 04.

press to zoom

Orcelino Neto. Carreiros sem título 06.

press to zoom

Orcelino Neto. Carreiros sem título 07.

press to zoom

Orcelino Neto. Carreiros sem título 08.

press to zoom

Orcelino Neto. Carreiros sem título 09.

press to zoom

Orcelino Neto. Carreiros sem título 10.

press to zoom

ORCELINO NETO

CARREIROS O ofício de carreiro não existe mais. Das poeirentas tropas que percorriam o velho Goiás, resta a resistência

fundada na paixão, na tradição e na fé. O ofício desapareceu, mas o conhecimento e a ciência do guiar os bois não. Permeia

as relações familiares, pertence ao universo das tradições orais e religiosas. As crianças já são inseridas desde cedo e sentem-se orgulhosas em conseguir candear o carro de boi. Os mais velhos dão testemunho da tradição. Aprenderam com os pais, que aprenderam com os avós e assim por diante. O canto intenso dos carros é ouvido ainda por estradas de terra levantando poeira num caminhar lento e pesado. Um caminhar que se repete todos os anos na Romaria ao Santuário do Divino Pai Eterno. Famílias inteiras seguem por dias a fio num misto de fé e reavivamento de um modo de vida, uma tradição, uma marca.